quinta-feira, 21 de março de 2013

PROFESSORES, DA CPI AO MPF

42 comentários:

  1. Sou aluno e infelizmente não vou poder comparecer pois estarei em horário de trabalho. Mas tomara que finalmente consigam resolver o problema e retornar as aulas antes que não tenha condições de continuar com o período.

    ResponderExcluir
  2. o que vai acontecer caso haja intervenção?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O governo passará a ser o "mantenedor" na Gama Filho até todos os problemas financeiros e burocráticos estarem 100% resolvidos, em seguida devolverá para a administração antiga(neste caso, devolverá para o grupo Galileo).

      Excluir
    2. Obrigado por tirar minha dúvida, pensava que concluiria quem estivesse a partir do 7º perídodo e os demais teriam que procurar outra instituição. Mas nesse caso sou favorável à intervenção, inclusive acho que uma ocupação pacífica do campus sede seria uma boa medida para que o movimento ganhe mais visibilidade. Espero que a situação termine bem para todos, e o mais rápido possível

      Excluir
  3. SOU ALUNO E PEÇO DESCULPAS AOS CAMARADAS SÓ HOJE VI A NOTICIA DA PASSEATA PELA INTERVENÇÃO DO MEC E DA CPI,ESTOU DE ACORDO E ACREDITO NO MOVIMENTO DOS PROFESSORES E ALUNOS EM GERAL E AQUI APROVO MEU APOIO.ESPERO SIM QUE TAL AÇÃO LOGO SE RESOLVA E POSSAMOS VOLTAR PRA AULAS E OS PROFESSORES SEJAM REMUNERADOS.

    ResponderExcluir
  4. Ninguém trabalha, todo mundo é vagabundo e rouba pra pagar a faculdade. Por isso estamos a disposição pra essas coisas.

    Pelo amor de Deus né gente!

    ResponderExcluir
  5. O deu a reunião do pessoal da Galileu e os professores? Estão dando tanta importância para essa manifestação e não dizem nada do que realmente queremos saber. As aulas começam quando?

    ResponderExcluir
  6. Quando começam as aulas ? Quero saber é de aula, não de manifestação !!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você trabalha de graça? Se trabalha, qual sua profissão que eu vou te contratar(dependendo da profissão)... hahaha

      Excluir
  7. Rafael Mello só fiz uma pergunta imbecil !

    ResponderExcluir
  8. e a reunião com a Galileo?? pq ngm fala nada?? Houve alguma possibilidade de acordo? ja tem alguma previsão de qdo as aulas começam? o q ele falaram? Mandem noticias, temos direito de saber...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos direito mesmo ! Por que será que a gente até agora não obteve um feedback ? Será que os professores acham que esse assunto não tangencie os direitos dos discentes ?

      Excluir
  9. Para se ter aula,precisa fazer a manifestação,para que as coisas se resolvam,pq se não ai mesmo que ficaremos sem aulas!

    ResponderExcluir
  10. Cara Nathália, fui em todas as manifestações até agora.
    Um pai de um aluno do internato da Gama me disse (não citarei o nome) que os professores já estão começando a utilizar os alunos como massa de manobra.
    Como eu falei em posts anteriores, mudei de opinião e estou 100% ao lado dos professores. Todavia, pelo o que eu ouço de conversas, os professores estão começando a ficar sem apoio por causa da extensão exagerada da greve !
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ate apoio os professores, mas a greve já esgotou minha paciência. Eles já estão formado, eu não. Quanto mais demora, mais eu me prejudico na minha vida profissional, que já exerço. Por mim, como gestora, eles não receberiam março já que não trabalharam. Muitos professores nem na faculdade está indo.
      Sei que eles precisam receber, acho justo tudo isso, não trabalharia sem receber. Como já aconteceu comigo, ai eu pedi demissão e parti em busca de coisa melhor.
      Essa greve já se estendeu d+

      Excluir
  11. O período está perdido?

    http://odia.ig.com.br/portal/educacao/mec-d%C3%A1-10-dias-para-gama-filho-e-univercidade-informarem-sobre-novas-demiss%C3%B5es-1.563487

    ResponderExcluir
  12. PORQUE NADA É DITO SOBRE A REUNIÃO DE ONTEM DA ADGF COM A GALILEO?
    HOUVE A REUNIÃO? QUAL A PROPOSTA? FOI ACEITA? PRECISAMOS SABER!!!
    PRECISAMOS ESTUDAR!!!

    ResponderExcluir
  13. Só eu estou achando que a Gama Filho e a Univercidade irão falir ainda este período?

    ResponderExcluir
  14. Li essa noticia que o Jonatas postou e acho que o periodo está perdido, se o MEC for intervi so daqui a 30 dias ou mais.

    ResponderExcluir
  15. Hoje o melhor caminho e apoiar os professoras afinal de contas eles e que ministram as aulas, eu como a grande maioria está em dia com a faculdade pagamos 3 mensalidades sem ter nenhum dia de aula, ai eu te pergunto ficar do lado de quem recebe a grana e não repassa ou ficar do lado dos professores ? Os professores querem trabalhar, mas como todo trabalhador também querem receber, ai a galera fala se demite e procura outra instituição, ai eu digo todos os professores estão sem salário então todos se demitam ai quem vai dar aula na faculdade os novos professores contratados ? qual professor vai querer ser contratado por uma instituição que não paga os salário ? e uma sinuca de bico, eu prefiro ficar do lado de quem eu acho que está certo no caso os professores, a mantenedora está recebendo dinheiro das mensalidades ai eu pergunto cadê essa grana ? só esse ano de 2013 foram pagas 3 mensalidades de 15 mil alunos, cadê esse dinheiro ? eu pago todo mês R$1040,00 tem aluno de medicina que chega a pagar R$3000,00 e só fazer uma conta com a média de pagamentos que vai perceber que falta de dinheiro não e, então para onde está indo toda essa grana?

    ResponderExcluir
  16. Gostaria,por favor,que os responsáveis pelo blog nos informassem sobre o resolvido na reunião com a Galileo no dia 21-03-2013 ás 15:00 horas. Estou realmente confiante de que tudo tenha sido resolvido,mas se não foi,gostaria que também fosse dito para acalmar nossa ansiedade.Espero que não seja necessário a intervenção do MEC e a Galileo se comprometa a remunera-los de forma justa!

    ResponderExcluir
  17. AlÔÔ!!! ADGF!!! TEM ALGUÉM AÍ??!!! NOTÍCIAS, POR FAVOR!!! E A REUNIÃO DE ONTEM?!!! TUDO CERTO?!!

    ResponderExcluir
  18. Alguém de um parecer sobre as novidades.. devido ao trabalho não posso comparecer em muitas assembleias, mas gostaria de saber no que se deu a reunião..

    ResponderExcluir
  19. Pelo visto, comentários da ADGF só ocorrem quando há interesse da parte deles, total descaso em nos manter informados sobre o que está acontecendo. Talvez estejam decidindo quando será a próxima greve caso ocorra atrasos no ano de 2015, 2016, 2017, 2018 ...
    Uma dica: Escolham no início do ano, daí vocês teriam um "feriadão" contando com o carnaval :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruno. Eu não faço parte da ADGF. Porém, na última assembleia, foram tirados grupos de trabalho para analisar o ato de 26/03 na Rua 7 de setembro, e para avaliar a questão da intervenção do MEC. Por estar em um desses grupos (MEC), acabei me encontrando, rapidamente, com um dos professores da associação. Eles ficaram reunidos ontem até tarde da noite. Hoje, pela manhã, já estavam reunidos novamente com os demais membros da associação e iriam para uma outra reunião com a reitoria às 10:30h (aliás, devem estar por lá até agora). O trabalho deles é muito grande em um momento crítico como esse. Por favor, tenha um pouco mais de consideração e paciência com aqueles que estão se doando (pois trabalham de graça na associação) para tentar resolver os nossos problemas.
      Sei também que eles esperam (ainda) por uma proposta formal da Galileo para a situação. Assiim que tiverem algo de concreto, pode ter certeza de que será publicado no blog.
      Grande abraço.

      Excluir
    2. Ok Marcelo, talvez tenha me excedido um pouco mas o fato é que a situação provoca insegurança e desconforto em todos alunos que na verdade, esperam o mínimo: Receber o que foi contratado e já pago, diferente de alguns professores que estão cobrando pelos dias de "greve" em Jan 2013 e Fev 2013, cujo atividade fim não praticaram, ministrar aulas!! portanto, não há de ser cobrado com tanto "vigor" não é verdade? Deveriam ser mais flexíveis.
      Sinceramente, nosso país está contaminado com a doença do " vamos aproveitar"
      Acredito que há sim um grupo se dedicando para ver a solução deste assunto mas não acredito que seja a maioria. Para tornar a ação de greve inspiradora e digna, gostaria de ver os professores sentados, cada um em sua respectiva sala de aula, mesmo que se negando a trabalhar, mas cumprindo com dignidade o seu compromisso de estar presente assim como a maioria de nós estávamos por vários dias indo a UGF, mesmo não encontrando ninguém.
      Abraço pra ti também e vamos torcer para esta situação se regularizar de uma vez por todas. Estudo na UGF desde 2006, estou em meu segundo curso de graduação e te digo que este movimento de greve presencio desde 2006. Uma pena.

      Excluir
    3. Bruno,
      Também estou desde 2006 na UGF e tb na segunda graduação. Li em algum comentário de uma provável Professora, sobre a necessidade do comparecimento de todos os professores em sala de aula. Acho isso digno, mas no meu curso (História) não ia funcionar, pois o próprio movimento vira assunto de aula. Professor de História em sala, vai dar aula e ai a situação não fica correta. Sobre janeiro e fevereiro, vale esclarecer que os Professores estão sob regime CLT, as férias, obrigatoriamente, são em janeiro e em fevereiro são realizadas reuniões de planejamento pedagógico, preparação de material e normalmente na Gama as aulas começam em fevereiro mesmo. Não esqueça tb, que em fevereiro temos um feriado grande também. Os Professore devem receber janeiro e fevereiro, pq é um direito de um trabalhador como qualquer outro.

      Excluir
  20. Pessoal.
    Tenham só mais um pouquinho de calma. A ADGF se reuniu com a Galileo ontem, mas até agora (13:30h de 22/03), a ADGF aguarda pela formalização da proposta feita pela Galileo, para que esta possa ser divulgada no blog. A proposta de ontem (que ainda não sei se é boa ou não) foi feita "de boca" pelos diretores da Galileo. Como a ADGF é uma asssociação séria, está aguardando o documento oficial da Galileo para que este seja divugado.
    De qualquer forma, as duas greves (a de alunos e a de professores) só poderão ser finalizadas ou continuadas por decisão de suas respectivas assembleias, portanto, na próxima 2a feira, dia 25/03, às 15:00h (professores) e 18:00h (alunos). Compareçam às assembleias para saber o que acontecerá a partir de 3a feira.
    Temos, a nosso favor, o fato da Galileo, finalmente, ter chamado a ADGF para uma nova proposta. Particularmente, isso me deixou mais confiante de que o processo esteja se acalmando, e de que as aulas não demorem mais tanto a serem iniciadas.

    ResponderExcluir
  21. Calma estamos tendo desde de fevereiro ! Não temos mais paciência mesmo não ! Queremos aula, queremos estudar, se os professores nos deixar !

    ResponderExcluir
  22. acabe ide chegar da candelaria...fui la solicitar alguns documentos e me informaram que o prazo de entrega é de 10 a 20 dias, após o termino da greve...ou seja estamos refem nessa guerra, não adianta querer solicitar transferência ou algo assim (a não ser que queira começar tudo do zero em outra faculdade)...por que não vai conseguir os documentos, e quando conseguirmos provavelmente já vai estar tudo normalizado...essa informação procede, os requerimentos abertos só serão respondidos após a greve? alguem tem alguma sugestão do que nos alunos podemos fazer caso precisemos de algum documento (mesmo que nã oseja para transferência)?...eu me formaria esses semestre (só falta o TCC) e tenho a oportunidade de iniciar uma pós graduação por conta da minah empresa, mas sem conseguir um documento provando sou formando em engenharia mecânica vou perder a vaga

    ResponderExcluir
  23. Vejamos como funciona uma universidade privada: 1) o aluno paga a mensalidade à mantenedora (gestora da instituição); 2) a mantenedora distribuiu o dinheiro para a mantida (a instituição propriamente dita); 3) a mantida se encarrega de prestar o serviço. O item 2 não está sendo cumprido! E esse item não é da alçada dos professores. Porque então se atribui a culpa a eles? Eu sou professora de um curso de baixo custo, não precisamos de laboratórios, de máquinas, de substâncias químicos, de cadáveres (como a Medicina), de aparelhos etc para funcionar. Mas e os cursos que precisam de tudo isso e não têm porque a Galileo não paga por nada disso? Como é possível que alguém jogue a culpa em cima dos professores, que não tem responsabilidade sobre nada disso? Por acaso é intransigência, como querem alguns, exigir salário para trabalhar? Perdemos a razão porque queremos o que é nosso por direito: condições de trabalho dignas e pagamento?

    ResponderExcluir
  24. Algumas pessoas escrevem aqui afirmando que os professores não se preocupam com os alunos, que estão sendo obviamente prejudicados com a greve. Mas eu acredito que, o professor deve ensinar não só "passando matéria", mas também dando exemplo de profissionalismo, de ética no trabalho. Eu jamais ensinaria um aluno meu a se submeter a injustiça, a exploração e a escravidão. Porque é isso que quer quem diz que os professores precisam acabar com a greve sem antes recebermos nossos salários e alguma indicação de que a Galileo vai respeitar a nossa Universidade.
    Isso sem falar naqueles que dizem que a gente tem que se demitir! Absurdo maior não há! Eu acredito no meu trabalho, dediquei dez anos da minha vida à UGF. Tenho colegas que estão lá há décadas! Construímos muita coisa e não vamos simplesmente jogar tudo fora por conta de gestores confusos, para dizer o mínimo. Além do mais, quem sugere que nós devemos pedir demissão não pensa que está escolhendo colocar na rua profissionais altamente qualificados! Só no meu departamento 1/3 dos professores é doutor e os demais estão fazendo doutorado. Todos nós temos pesquisa, participamos de vários congressos por ano, publicamos em revistas nacionais e estrangeiras. Investimos pesadamente na nossa carreira sem que a UGF contribua em um tostão pra isso. E fazemos sem reclamar. Agora, não nos dar nem o salário?!?! Eu não aceito e não consigo entender quem aceita, sinceramente...

    ResponderExcluir
  25. Eu acho que os professores estão no direito deles, ficar 2 meses sem receber e complicado mais nos alunos temos que apoiar essa greve parcialmente, lembrando que o maior prejudicado nessa historia somos nos, eles já estão formados. Tem alunos comprando barulho dos professores tomando a frente da situação indo a Brasilia fazer protesto enquanto os professores ficam aqui no RJ, isso não ta certo. Quem vai representar os professores em Brasilia? Um aluno de medicina?
    Professora Carolina, semestre passado tive alguns professores ruins e todos eles tinham doutorado. Eu prefiro ter aula com um pós-graduado que tenha didática e saiba passar o seu conhecimento do que com um doutorado que vai para a sala de aula escrever no quadro o que tem na folhinha. O pior e que fizemos uma reclamação com o coordenador do curso e nada foi feito.

    ResponderExcluir
  26. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  27. O que adianta o cara ser "doutor" e ir dar aula com uma folhinha e escrever tudo que ta na folhinha no quadro e depois ler o que ta escrito? Isso dando aula para engenharia, desse jeito ate eu sou professor. E semestre passado tive 2 assim ambos com o titulo de "doutor".

    ResponderExcluir
  28. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir