quarta-feira, 13 de novembro de 2013

NOTA SOBRE PAGAMENTO EM ATRASO

A ADGF teria prazer em iniciar o dia com notícia positiva sobre a efetuação do pagamento prometido pela direção da Galileo, por meio de mensagem eletrônica institucional, para o dia de hoje, 13 de novembro de 2013.

A ADGF nota que a interrupção das comunicações institucionais não é o melhor caminho para comprometer a todos coletivamente para a sobrevivência institucional. É do interesse da ADGF e da comunidade acadêmica que haja interlocução entre todos os envolvidos, até mesmo o MEC/SERES, que tem deixado de se pronunciar.

Infelizmente, 10h21, ainda não houve nenhum depósito do pagamento em atraso compromissado para o dia de hoje. Mantenhamos o monitoramento dos pagamentos anotando sob os comentários.

41 comentários:

  1. GREVE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    A GREVE É O ÚNICO CAMINHO, EU QUE ERA CONTRA A GREVE AGORA SOU A FAVOR!!! NEM RELÓGIO TRABALHA DE GRAÇA!!!!!!!!!!!!!!!!!
    GREVE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. São 15:25 e ainda não houve pagamento, e tenho certeza que não haverá. Por que eles pagariam hoje, dia 13, com o feriado próximo e sabendo que se houver greve só começa na segunda e com o dia 20 feriado?1?1?1? É claro que não pagarão!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O senhor acha que haverá declaração de greve (o que é o mais sensato) ?

      Excluir
    2. Se depender de mim sim! Mas é uma assembleia e a maioria decidi!!

      Excluir
  3. E o MEC ainda libera o vestibular, só p/ enganar mais um monte de estudantes desesperados p/ entrarem na faculdade... N pode ter vest. nessas condições, melhor q feche essa desgraça do que enganar mais um monte de gente!

    ResponderExcluir
  4. A galileo mandou alguma noticia do porque não depositaram o dinheiro de vocês hoje?senhor e começa mais uma novela uma semana antes das provas,como que estuda e tem vida nessa faculdade com essa novela de pagamento todo mes.

    ResponderExcluir
  5. Quem cogita greve não entendeu a situação da Gama. Qualquer alteração no andamento pode gerar o descredenciamento! Estamos em vias de receber mais 175 alunos me medicina no vestibular, que representarão 1 milhão a mais por mês, o que pode equilibrar o fluxo de caixa. E a mantenedora, embora seja passível de todos os adjetivos ruins, pagou esse mês 50% de janeiro e 1/3 de férias, mostrando que pelo menos está tentando pagar o que deve. Consequentemente há fluxo de caixa, pois a Galileo poderia muito bem ter utilizado esse dinheiro pra pagar o mês corrente, mas se pagou dívidas antigas, é um bom sinal. A conta está congelada pela ação da justiça do trabalho, isso é um fato. Só seria discutível greve, com a conta descongelada e o não pagamento. Embora a Galileo seja estúpida e se prive de dialogar corretamente com o Camed e a ADGF, continuar em estado de greve é o único caminho coerente com a lógica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente com vc!

      Excluir
    2. Você já está muito grandinho pra acreditar nas histórias da galileo né?!! Eles querem mesmo que você pense assim, que os professores trabalhem de graça, pra que o "fluxo de caixa" deles aumente e eles ganhem mais. Não investiram 1 real na faculdade. Não pagam o direito dos professores. Que tal fazermos um combinado: como forma de protesto, você se tiver emprego se recusa a receber seu salário ou seus pais tambem, como forma de solidariedade aos professores. Seria justo. Brasil: um país um o professor é marginalizado e taxado como vagabundo porque se recusa a trabalhar de graça.

      Excluir
  6. Senhores,

    Nessa situação da universidade uma greve aos 45 do segundo tempo, iria afundar de vez essa instituição, pelo bem de todos é melhor não haver greve.

    ResponderExcluir
  7. Brookvalejohn,
    vc está com toda razão....

    ResponderExcluir
  8. Vocês não perceberam que deixar entrar mais alunos e querer estragar com a vida de mais pessoas...eu não recomendo ninguém a entrar nessa faculdade enquanto não estiver tudo regularizado...ou vocês acham mesmo que os pagamentos feitos não são mais que o suficiente para pagar TODO o corpo docente e outros funcionários juntos com as contas de luz, água e afins... o pior cego é o que não quer ver. Eles sempre enrolando o pessoal. Sou a favor da greve sim, pois ficar só fingindo que estão arrumando a casa e todo mês ficar nessa de vai pagar ou não já deu.

    ResponderExcluir
  9. Cadê a porra do dinheiro dos "investidores" para sanar os problemas da Gama?

    Resposta: No cú do Alex.

    A Gama foi vendida para mantenedores salvarem as dívidas elucrarem ao longo dos anos. Cadê as dívidas salvas?

    Resposta: No cú do Alex.

    Houve a noticia na midia, no inicio desse semestre, que havia um investimento de 480 milhoes para regularizar avidada Gama. E onde está esse dinheiro?

    Resposta: No cú do Alex.

    Mas....os professores demitidos e depois "agraciados" com o retorno, não receberam Setembro, e nem os 50% de Janeiro, e nem as férias. Onde estão os direitos destes professores?

    Resposta: No cú do Alex.

    Vários funcionários sendo demitidos e departamentos inteiros parados e extintos. Se há que enxugar uma estrutura para que ela evolua epara que saneos problemas,tudo bem. Mas,para isso, deve haver planejamento,para que as coisas não sejam feitas da maneira jocosa que foi feita.E, onde está o planejamento da Galileo?

    Resposta: No cú do Alex.

    Aliás:

    Ei, Alex: Vai tomar no cú!
    Ei, Alex: Vai tomar no cú!
    Ei, Alex: Vai tomar no cú!
    Ei, Alex: Vai tomar no cú!
    Ei, Alex: Vai tomar no cú!
    Ei, Alex: Vai tomar no cú!
    Ei, Alex: Vai tomar no cú!
    Ei, Alex: Vai tomar no cú!
    Ei, Alex: Vai tomar no cú!
    Ei, Alex: Vai tomar no cú!

    ResponderExcluir
  10. É valido lembrar que o atrasado de janeiro e mais os outros atrasados que ainda não pagaram é devido a gente, não é um favor que eles fazem. Outra coisa é que eles usaram o dinheiro para pagar o mes de setembro para boa parte dos professores pra pagar este atrasado. Tem professores que desde agosto não recebem nada. Ja estamos em meados de novembro. E ad contas? E o dinheiro para pagar o deslocamento para ir dar aula?? Provavelmente quem é contra a greve é um dos professores que recebeu setembro, recebeu o atrasado de janeiro e não quer saber dos outros... Nem mesmo liga para se o banheiro que usa tem papel higiênico ou qualuqer condicao de limpeza e manutencao....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, os atrasados não são nada mais que a obrigação da Galileo. Não é nem passível de discussão que eles e o MEC/PT são os culpados pela situação da UGF. O que se discute é até onde podemos nós, professores, alunos e funcionários, podemos aguentar pela chance de sobrevivência da Gama. Do mesmo jeito que pago minha absurda mensalidade em dia recebendo um péssimo serviço, entendo como viável a continuidade das aulas com algum atraso salarial, especialmente após esse pagamento de 50% de Janeiro e 1/3 de férias. Mas ninguém discute que será uma atitude nobre dos professores. A Galileo está completamente errada, o problema que a paralisação prejudica muito mais a nós, comunidade acadêmica, do que a eles.

      Excluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Cheguei agora de Azkaban. Lamento informar que o salário de voces recebeu um Vingardium Leviosa (criou asas) e sumiu.

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. A entrada dos 175 novos alunos de medicina é, além de um alívio financeiro de 1 milhão por mês, um fato que pressiona ainda mais o MEC a "pisar em ovos" e afastar a possibilidade de descredenciamento, por ele mesmo ter autorizado a entrada, mesmo após todas as denúncias e audiência pública no senado. Se esse vestibular ocorrer, a Gama terá uma chance, senão, já era.

    ResponderExcluir
  16. O principal é será que a gama aguenta mais uma greve?será que vai ser a solução ter outra queve e sair mais 50% de alunos de novo? mais transferencias mais demissoes final da historia a gama sendo fechada,não flo isso pensando que os professores tem que trabalhar de graça não mais ele avisam que as contas estavam congeladas que eles tem o dinheiro pq ate então ta todo mundo pagando no dia certo e presumo isso porque todo mundo que ta pedindo papel de transferencia sabe que tem q pagar em dia aqui pra conseguir mudar de faculdade ano q vem,sem contar que a multa por atraso e alta demais pra não se pagar em dia principalmente medicina.Por favor eu suplico os professores eu sei que a galileo não é digna de confiança não e digna da comoção de vocês e nem da nossa mais NÂO entrem em GREVE novamente,primeiro por vocês pq vocês sabem que a faculdade não aguenta outra greve e está fadada ao descredenciamento se isso ocorrer e com isso vocês perderam seu empregos,depois por nos alunos que apoiamos as outras greves,que lutamos,que fomos a reitoria que seguimos o alex porto que lutamos pra que voltasse a ter a gama e que continuamos lutando pra que ela não se acabe.Por Favor digam não a greve e tentem falar com a galileo pra solucionar isso da melhor forma possivel que não prejudique ninguem,pois nos assim como vocês professores já fomos prejudicados demais por essa bagunça toda e só queremos um ensino de qualidade e nos formamos na faculdade q amamos assim como vcs amam lecionar na UGF

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você já está muito grandinho pra acreditar nas histórias da galileo né?!! Eles querem mesmo que você pense assim, que os professores trabalhem de graça, pra que o "fluxo de caixa" deles aumente e eles ganhem mais. Não investiram 1 real na faculdade. Não pagam o direito dos professores. Que tal fazermos um combinado: como forma de protesto, você se tiver emprego se recusa a receber seu salário ou seus pais tambem, como forma de solidariedade aos professores. Seria justo. Brasil: um país um o professor é marginalizado e taxado como vagabundo porque se recusa a trabalhar de graça.

      Excluir
    2. Isso que eu me pergunto. Será que a UGF vai aguentar mais uma greve ? O descredenciamento da instituição está parecendo ser uma coisa iminente, está muito difícil estudar em um lugar que vc não sabe se funcionará no dia seguintes. É uma falta de respeito muito grande com os professores e principalmente com os alunos, pq somos de fato os mais prejudicados.

      Excluir
    3. Senhor Myles Kennedy,não to falando que acredito e deixei bem claro isso quando disse que a Galileo não merece a confiança nem nossa e nem de vocês professores caso você seja um.Só disse que uma greve agora vai levar ao DESCREDENCIAMENTO EFETIVO DA GAMA e consequentemente nem você vai ter onde dar aula e nem eu vou ter onde estudar.Porque segundo o Camed expos o MEC esteve na gama essa semana e disse que o TSD não foi cumprido como todos nos sabemos e que se houver greve a unica solução passivel de ser tomada é descredenciar a ugf.Então meu caro professor não estou falando que vocês tem q trabalhar de graça não mais pelo menos tentem falar novamente com quem paga vocês pra ver o que acontece e não entrem de greve porque se o fizerem acabou a faculdade e provavelmente vocês não vao receber nenhum salario seja ele atrasado ou devido,vão sumir com o dinheiro e pronto e os prejudicados vamos ser você eu e todos da ugf.E isso que eu estou suplicando pra que não entrem de greve nesse momento.

      Excluir
    4. greve agora é o fim da gama , ai voces professores que querem seu dinheiro vao tudo ficar igual ao diamante do filme titanic *o diamante azul * tudo d baixo dagua sem emprego.. quero ver essa marra kkkkk

      Excluir
  17. Pessoal Bom Dia; Não sou de postar aqui, pois vejo que geralmente os ânimos estão acirrados..... Concordo plenamente com nosso amigo"brookvalejonh". A situação não é confortavel pra ninguém, todo mundo sabe que a Galileo cometeu diversos erros em sua gestão, mas vamos analisar: Se eu não estiver enganado, as contas estão bloqueadas pela justiça, e que segundos fontes próximas a mantenedora, existe sim a grana para o pagamento agendado previamente. Acho que precisamos nos interar mais a fundo em relação a este bloqueio, saber de prazos, e o que esta sendo feito para resolver a questão. Percebi que todo o movimento ficou enfraquecido apos a ultima greve, não sei que será da UGF apos uma nova greve neste momento. Entendo tbm que os professores precisam sim receber o que é de seu direito, mas entendo tbm que alunos como eu, que esta com a mensalidade RIGOROSAMENTE em dia, estão sendo muito prejudicados. Outro ponto importante é com relação a inadiplência, que segundo a Galileo esta em torno de 40% (será ?), se for realmente isso, é muito alto, não tem fluxo de caixa que resolva esta situação. Vejo diversos alunos da Engenharia que não estão pagando a mensalidade desde agosto... Pessoal, sinceramente, neste momento todos devem fazer a sua parte, para que não deixemos brechas pra Galileo no futuro justificar erros por consequencias dos alunos... Espero que a Assembleia de hoje reflita com sabedoria, pois uma nova greve pode jogar por agua abaixo tudo que estamos tentando reconstruir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente com o seu, sensato, ponto de visa. Você está certíssimo.

      Excluir
  18. Ai, ai, ai... quer dizer que a ideia é que nós professores trabalhemos de graça pois os alunos que pagam em dia estão sendo escandalosamente roubados pela GALILADRA? Não dá nem prá comentar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso ai Mundo cão, sem falar os outros termos acordados com essa mantenedora 171 que não foram cumpridos até hoje, não é só questão de salários atrasado e todo o resto, isso TODO mundo esquece né.

      Excluir
  19. "Mundo Cão", Não. eu não quero que vcs trabalhem de graça. Vcs tem que receber sim o que é devido. Só acho que a greve, como uma ferramenta de protesto, não está surtindo os efeitos desejados.......e buscar uma solução mais efetiva. Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sr. Bentes, o Sr. acha que devo pagar para trabalhar? Isso mesmo. Ou você acha que nenhum docente gasta dinheiro para ir trabalhar? Com a greve, no mínimo não gasto dinheiro com transporte e alimentação. E ainda é possível se dedicar a atividades que tenham remuneração.

      Excluir
  20. Sinto meu Diploma escorrendo por entre meus DEDOS :'(

    ResponderExcluir
  21. Respostas
    1. Até o momento nada de pagamento e nem de informação

      Excluir
  22. Sinceramente, acho que tem gente nesse blog que se proclama professor, mas parece que tem 5 anos de idade e não entende nada da vida. A verdade é o seguinte, se ocorrer outra greve e houver outra suspensão de vestibular, no melhor dos cenários, 50% dos alunos vai embora e com eles pelos menos mais 60% de professores demitidos. Como é de praxe não só na galileo, mas em boa parte das IES no brasil, os demitidos receberão seus direitos daqui a 10 anos, isso se receberem. Essa é a melhor das hipóteses, a outra é a falência, aí é que ninguém vai receber nada mesmo. Ninguém quer que os professores e funcionários trabalhem de graça, nada mais justo que receber em dia, mas sinceramente, em certos momentos é preciso ser inteligente, coisa que algumas pessoas desse blog não estão sendo. Greve nesse momento é simplesmente um tiro no pé de todos. Sinceramente, eu sou aluno, vou pra outra faculdade e esqueço que um dia estive na UGF, perco alguns créditos, mas dane-se. Nesse momento de tamanho endividamento da instituição, quem tem mais a perder com a greve são os professores e funcionários, pensem bem no próximos passos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, tudo que você disse que vai acontecer já aconteceu e está acontecendo. O trabalho não é voluntário, você quer que eu pague para ir trabalhar? Demissões já ocorreram, receber ninguém recebe. Penhoram e nada acontece. Se você está preocupado em perder alguns créditos, pense em que vai perder um carro ou uma casa.

      Excluir
  23. Cacilda,

    sinceramente eu não estou preocupado em perder créditos, vou perder alguns se me transferir, mas não ligo. Escrevi isso para vocês professores e funcionários, os que ainda não foram demitidos claro e para aqueles que foram também, se a faculdade declarar falência vocês podem parar de se preocupar com salários atrasados, simplesmente não vão receber absolutamente nada, não só o salário de setembro, outubro e 30% de abril, serão anos de direitos que ninguém verá um centavo. Ninguém quer trabalho voluntário, mas tomar decisões sábias podem ser a diferença entre você atrasar a mensalidade do carro e da casa, ou simplesmente não ter mais como pagar...

    ResponderExcluir
  24. Os professores podem fazer igual a policia federal então:

    Não entram em greve, mas fazem uma "operação padrão"
    Vem, assinam o ponto, e vão embora.

    Simples.

    O problema é onde vão arrumar dinheiro para ir e vir, além de se alimentar néh....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Revoltado,

      muito boa sua ideia, vamos prejudicar as pessoas que fazem sua parte e pagam a mensalidade todo mês... afinal a culpa é deles de estudar na UGF.

      Excluir