quinta-feira, 4 de abril de 2013

SEM SALÁRIOS, SEM AULAS: SOBRE O RETORNO DOS ALUNOS QUE ESTIVERAM EM BRASÍLIA

Aos Amigos da Gama Filho;

Cerca de 30 professores da Gama Filho contribuíram para o retorno dos discentes da Instituição que foram à Brasília. Este movimento permitiu arrecadar mais de R$ 800,00.
Em Brasília, os alunos participaram de uma manifestação em conjunto com a UNE, além de muitas reuniões, incluindo a reunião da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados. 
Como fruto desta reunião, haverá na segunda-feira um encontro na UGF-Piedade, onde foram convocados os
representantes da Galileo, oito Deputados Federais, representantes de discentes, docentes e funcionários. Estarão presentes o Presidente da Comissão de Educação - Gabriel Chalita, os dois Deputados que
participaram da CPI das IES Privadas e um representante do MEC. O objetivo principal é conversar sobre os caminhos para a intervenção do MEC na UGF. Esta reunião está marcada para as 15h, dia 8 de abril, segunda-feira.

Hoje às 10:00h os alunos estariam reunidos com a Presidenta Dilma. Ainda não recebi notícias deste encontro.

Agradecemos a todos os professores que puderam ajudar neste momento e entendemos que muitos não o fizeram em função dos problemas financeiros enfrentados.

Ficamos muito felizes de ver a união entre alunos e professores. E é esta união que precisa ser mantida até o fim da nossa luta!!!

Pensemos desde já, em algum movimento para segunda-feira. É interessante que todos levem suas ideias anotadas para a assembléia tanto em relação ao possível movimento de segunda-feira, como também a
respeito das decisões que deverão ser tomadas daqui para frente sobre o descumprimento do Termo de Compromisso pela Galileo.

8 comentários:

  1. Só para entender, entao mesmo que a galileo pague o que tem que pagar dia 05/04/2013 , a greve vai permanecer. E as aulas nao vao ter inico??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pagar o que tem que pagar? Você diz: FGTS, 13º, férias, INSS, salários até o 5º dia útil? Não é isso que os professores estão pedindo. Os professores estão aceitando 50% do salário de Janeiro e 70% de Fevereiro e nada de FGTS e INSS. Se cobrarem o que tem que pagar pode escolher outra instituição para estudar pois a UGF fecha pois se não conseguem pagar se quer parte dos salários.

      Excluir
  2. Ok, concordo. Porem nao informa nada referente a volta das aulas no dia 08/04 caso o pagamento ocorra ate o dia 05/04. Acho dificil dar inicio as aulas , no dia que foi marcado esta reuniao. E tenho acompanhado, compreendo a questao do pagamento, mas em nenhum comunicado segue informações se caso se concretize o pagamento as aulas retornaram.

    ResponderExcluir
  3. E essa conversinha que tá rolando de que "prometeram pro dia 2 mas só pagaram dia 4 então não cumpriram o acordo, logo as aulas não vão iniciar dia 8" seria muito preciosismo, prá não dizer sacanagem ou babaquice. Inclusive a Galileo emitiu uma nota se desculpando e explicando as razões operacionais. Aí, eu que até aqui apoiei essa greve, não vou mais apoiar porcaria de movimento nenhum. Se cumpriram o acordo, DIA 8 é DIA DE AULA. CHEGA DE CONVERSA, DISCURSO E BLÁ BLÁ BLÁ.

    ResponderExcluir
  4. Gente é blá blá blá mesmo em busca de outros interesses.Eu falo sim em nome de grande parte dos alunos pois é este sentimento de inúmeros famílias,principalmente quem mora em outros estados e estaõ aqui no Rio a mais de um mês sem fazer nada e nossos pais preocupados pagando mensalidades. A luta de vocês são dos empregados da UGF até porque a Assembléia está sendo conduzida pela ADGF,vocês agora querem resolver situações de professores que não tem contrato com a Gama! Me poupe,queremos aulas já dia 8 conforme combinado.

    ResponderExcluir
  5. Os alunos estiveram com a Dilma? O que ela ofereceu? Não há resposta sobre este encontro.

    ResponderExcluir
  6. Também gostaria de saber mais sobre esse encontro dos alunos com o Presidente.

    ResponderExcluir