quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

HOJE, 17H, AÇÃO EM FAVOR DA FEDERALIZAÇÃO





A concentração será na Candelária!


Federaliza, Dilma!

31 comentários:

  1. Enquanto a SAAE-RJ vai ganhando ação na justiça conta a GALILEO, o SINDPRO-RJ e a ADGF nada fazem!

    ResponderExcluir
  2. Somente pessoas com uma visão exclusicavemente utópica acreditam que a federalização vai ocorrer. Nesse governo nosso, jamais...

    Olha com que a Dilma está preocupada!!!

    http://g1.globo.com/mundo/noticia/2014/02/dilma-chega-roma-para-encontro-com-o-papa-no-vaticano.html

    Parem de ficar remoendo, bola p/ frente pq a gama acabou e infelizmente não volta mais!!!

    ResponderExcluir
  3. ADGF,

    temos que ter nossos 8 salários atrasados.

    O que vcs estão fazendo em prol dos professores?

    lembrem-se que tudo começou com a NOSSA luta. Sem salários, Sem aulas.

    CADÊ A PORRA DOS NOSSOS SALARIOS?????

    Não há nenhuma ação para recebermos isso???

    Os FDP já disseram que tem mais de1 BILHÃO em caixa.

    O QUE RAIOS VCS ESTÃO AGUARDANDO??????

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caiam na real. Uva unesa e fatec já irão pegar os alunos.

      Excluir
  5. Vcs professores foram responsáveis pelo descredenciamento da UGF e da Universidade. Se não fossem as diversas paralisações e greves, se tivessem saído enquanto estavam insatisfeitos ao invés de se negarem a dar aulas, muita coisa seria evitada porque se já estava ruim, agora esta pior!!! Usaram os alunos pra brigarem por vcs, nós ficamos sem faculdade, mas vcs ficaram sem emprego!!! VA SE FUD.... Não a Federalização!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se vc acha que os professores foram responsáveis pelo descredenciamento e culpados por fazerem greve, faça o seguinte:
      Fique 6 meses TRABALHANDO e DOE 100% de seu salário para uma instituição de caridade, ok.
      Mas é 100% mesmo. Inclusive com vale transporte, ticket refeição, plano de saude...TUDO.
      DOE 100% de seu salário por 6 meses e continue trabalhando, tirando dinheiro do seu CÚ para sobreviver por esse tempo.

      Quero ver.....DUVIDO...Hipócrita.....tu não vai aguentar 2 meses mermão.....

      Vai se Fuder, vai!

      Excluir
  6. Não consigo entender como os membros da ADGF conseguem ser TÃO BURROS!!

    Parem com esta BABAQUICE de FEDERALIZAÇÃO!! Isto NÃO IRÁ ACONTECER!!

    Em vez de ficarem gastando tempo com isto, por que não pensamos em uma ação COLETIVA, mesmo que tenhamos as ações individuais, somente para reaver os pagamentos de salários?

    Ficam somente pensando nestas PORRAS e esquecem o que deve ser feito de verdade!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Jorge,

      A ADGF e outras entidades só ficam pensando nos alunos...que vão ser prejudicados...e blá,blá,blá.

      Só que a ADGF se esqueceu que ela tem que defender a academia e os PROFESSORES. E até agora, porra nenhuma foi feita em prol dos docentes.

      Os professores TEM QUE TER seus direitos trabalhistas em dia para depois pensar em ajudar algum aluno....

      CADÊ A PORRA DOS SALÀRIOS ADGF???????

      Excluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. publicado no site do SINPRO-RIO

      http://www.sinpro-rio.org.br/atualidades/noticias-gerais-2014-fev-21-mec-recusa-proposta-federal-ugfuc.php

      MEC rejeita proposta de criação de universidade federal no campus da Gama Filho
      21/02/2014
      O Ministério da Educação (MEC) enviou na última quinta-feira um comunicado para a imprensa negando a intenção de tornar o campus Piedade da Universidade Gama Filho em uma universidade federal, descartando a possibilidade de federalização da UGF e da UniverCidade. ....
      Na nota, o MEC afirmou que seria inconstitucional e ilegal a contratação dos professores e técnicos administrativos sem concurso público, além dos 12 mil estudantes que ingressariam em uma universidade pública sem processo seletivo.
      Leia a nota do MEC:
      “Não existe qualquer amparo constitucional e legal para a contratação dos cerca de 1.600 professores e aproximadamente mil técnicos administrativos das instituições sem concurso público. Não reconhecemos base jurídica para que cerca de 12 mil estudantes da Gama Filho e Univercidade possam ingressar em qualquer universidade pública desconsiderando o processo seletivo em curso, o Sisu, que teve mais de 2,5 milhões de inscritos no Brasil, sendo 479.496 nas universidades públicas do Rio de Janeiro. Considerando ainda que em todas as instituições públicas do Rio de Janeiro foram oferecidas 16.740 vagas. O MEC, em conjunto com a Procuradoria Federal de Direito do Cidadão, está encaminhando a transferência assistida por meio de edital público, com acompanhamento dos estudantes, pais e comunidade acadêmica. Seis propostas foram acolhidas. Para que com esse trabalho responsável e com respaldo jurídico, na retomada do ano letivo, os estudantes tenham sua situação acadêmica normalizada. Cabe destacar ainda que até o momento, nenhuma proposta foi apresentada na Seres.”

      Excluir
    4. alunos, saiu na midia:
      http://veja.abril.com.br/noticia/educacao/estacio-uva-e-fatec-vao-abrigar-alunos

      Educação - 22/02/2014 - 13:51 - Rio de Janeiro
      Estácio, UVA e Fatec vão receber alunos da UniverCidade e da UGF
      Ministério da Educação divulgou instituições selecionadas para continuar cursos de 9.500 estudantes prejudicados pelo fechamento das universidades controladas pelo grupo Galileo
      Três instituições foram selecionadas pelo Ministério de Educação nesta sexta-feira para receber os 9.500 estudantes da Universidade Gama Filho (UGF) e do Centro Universitário da Cidade (UniverCidade), pertencentes ao grupo Galileo e descredenciadas no início de janeiro. Os alunos que tiveram os cursos interrompidos pelo descredenciamento da UGF e da UniverCidade poderão continuar os estudos na Universidade Estácio de Sá (Unesa), na Universidade Veiga de Almeida (UVA) e na Faculdade de Tecnologia Senac Rio (Fatec).
      Essas instituições foram selecionadas pela Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres), do Ministério da Educação. A análise e o julgamento foram feitos por uma comissão de nove professores avaliadores. A decisão foi submetida à diretoria colegiada da Seres para aprovação.
      A Universidade do Grande Rio Professor José de Souza Herdy (Unigranrio) e a Faculdade de Medicina de Campos também concorreram na seleção para receber estudantes da UGF e da UniverCidade.Os alunos não são obrigados a participar da transferência assistida e podem procurar outras universidades por conta própria.
      Desde o descredenciamento da Gama Filho e da UniverCidade, a Seres tomou diversas medidas para definir a transferência dos estudantes. Entre elas, determinou a manutenção dos valores das mensalidades, dos descontos e bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni), além dos contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Também estão garantidos aos alunos direitos como a participação no Programa Ciência sem Fronteiras, vínculos de estágios e a prorrogação de prazo para entrega de certificados na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). .....

      A Galileo tem ainda de entregar a documentação dos cerca de 3.500 formandos. De acordo com uma decisão do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ), a empresa tem até o dia 28 deste mês para providenciar a documentação aos cerca de 13.000 alunos registrados nas duas instituições.
      BOA SORTE A TODOS

      Excluir
  8. Boa sorte ? Vocês mandam ou não ? a galileu mandou o boleto de cobrança da mensalidade de janeiro , pelo bradesco , para mim ! é muita cara de pau !!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aluno, lembre-se de que os alunos que pagaram as mensalidades do 2º semestre/2013 sem terem aulas, poderão juntar os comprovantes de pagamento e através do Procom ou Justiça, requererem o ressarcimento pelos serviços não prestados.É direito do consumidor.

      Excluir
    2. Devemos fazer isso mesmo. Eu ia me formar, se eu tiver que cursar de novo meu último período, irei brigar por esse dinheiro que perdi.

      Excluir
    3. Para os alunos que optarem pela transferencia assistida (que não é obrigatoria) entrem no link abaixo e consultem a distribuição dos cursos pelas instituições participantes:

      http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=20256

      Os cursos encontram-se distribuídos da seguinte forma:
      Edital nº 01/2014 - Centro Universitário da Cidade
      Edital nº 02/2014 - Universidade Gama Filho

      Excluir
    4. saiu na midia
      http://educacao.uol.com.br/noticias/2014/02/25/transferencia-de-alunos-de-descredenciadas-comeca-na-quarta-feira.htm

      Transferência de alunos de descredenciadas começa na quarta-feira
      Do UOL, em São Paulo -25/02/201416h51

      Os alunos da Universidade Gama Filho e do Centro Universitário da Cidade (UniverCidade) podem realizar a partir de quarta-feira (25) a transferência para as instituições escolhidas pelo MEC (Ministério da Educação). A Universidade Estácio de Sá, a Veiga de Almeida e o Senac RJ montaram uma operação para receber os alunos de todos os cursos, com exceção de medicina.
      A matrícula deve ser feita até o dia 14 de março. Quem fizer a transferência após esta data só poderá começar as aulas no segundo semestre deste ano.
      As instituições se comprometeram a não cobrar qualquer taxa de transferência. Além disso, serão mantidos os benefícios de alunos de programas federais de acesso ao ensino superior (como Prouni e FIES) e também daqueles que possuem bolsas ou algum tipo de desconto.
      Confira abaixo as informações disponibilizadas por cada uma das instituições aptas a realizar a transferência assistida:
      • Estácio: Mais informações pelo telefone (21) 3231-0000 ou pelo hotsite, que entrará no ar na quarta-feira, www.estacio.br/transferenciaassistida.
      • Veiga de Almeida: Os alunos devem se dirigir à Célula de Acolhimento, no campus Centro (rua Teófilo Otoni, 123). Mais informações pelo telefone (21) 3924-6000 ou pelo site www.uva.br.
      • Senac RJ: Para mais informações, os alunos poderão consultar o site www.rj.senac.br ou entrar em contato pelo telefone (21) 2517-9201 ou pelo e-mail graduacao@rj.senac.br.
      Documentos necessários
      Para efetuar a matrícula, os alunos devem levar documentos como RG, CPF e comprovante de residência, além dos documentos do curso que já dispõem. Mesmo aqueles que tiverem alguma pendência de documentos, devem se dirigir o mais rápido possível ao campus informado pela instituição de ensino para fazer a matrícula.
      Início das aulas
      Parte dos estudantes será integrada a turmas já existentes e começam as aulas assim que a matrícula for efetuada. No caso das novas turmas, as aulas começam no dia 10 de março.
      Para repor as aulas perdidas,

      Excluir
    5. Pois eh...os alunos se transferem, a Galileo fica milionária e OS PROFESSORES QUE TRABALHARAM DE GRAÇA POR ANOS QUE SE FODAM NAO É MESMO????

      Cambada de filho da puta...

      Excluir
    6. saiu na midia, para os alunos de medicina

      http://www.opinologo.com.br/2014/02/estacio-herda-mais-de-dois-mil.html
      Estácio herda mais de dois mil estudantes de Medicina da UGF
      terça-feira, 25 de fevereiro de 2014 às 23:5 - DIego Francisco
      Informação atualizada em 26/02/2014, à 7h32

      A Universidade Estácio de Sá (Unesa) venceu o Edital nº 3/2014 da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres) – vinculada ao Ministério da Educação (MEC) –, e herdará os mais de dois mil alunos do curso de Medicina da Universidade Gama Filho (UGF), no Rio de Janeiro. O resultado foi divulgado pela Secretaria, segunda-feira (24/2).

      Excluir
  9. Srs., o MEC já bateu o martelo(não a federalização); que tal os Srs. se concentrarem, agora na causa dos es docentes da UGF junto ao SIMPRO,para que eles recebam tudo o que lhes é devido.

    ResponderExcluir
  10. Revoltado, vc se fudeu...

    Não sou muito fã da UNESA, mas a verdade é que a Estácio abraçou quase todos os alunos da praticamente falida UGF. As ações dessa Universidade foram as que tiveram a maior alta do ano na Bovespa. Além disso, ela vai arrecadar milhões com as mensalidades dos alunos egressos (mesmo mantendo os valores cobrados pela Gama). Sem querer divagar em teorias da conspiração, se a coisa toda foi detalhadamente orquestrada pelos investidores da Estácio de "S/A", foi genial.

    O mais hilário é que a Estácio está contratando docentes da UGF...

    Quanto à Galileo, mesmo que "decrete" falência da UGF e UC, ainda sairá ganhando com a venda dos restos mortais dessas IES... Os documentos dos alunos serão entregues, com ou sem "pirraça" dos professores e funcionários da UGF (o Judiciário mandou, tem que cumprir...).

    E você, Revoltado, que o tempo todo postou bobagens do tipo "não vou lançar notas", "primeiro os professores, depois os alunos" e blá, blá, blá... Aceite um conselho: vá tentar uma vaguinha na Estácio de "S/A".

    Mas certifique-se de que vc não era um daqueles professores da UGF que ministrava aulas sentado, fazendo rabiscos sem sentido no quadro, ou aplicava a mesma prova nos turnos da manhã e da noite (facilitando o "tráfico de provas" entre os alunos "espertos"). Com esse perfil, vai ser difícil ser contratado pela Estácio. Melhor vender mate na praia.

    Quanto a federalização (ou seria "fuderalização"?), JÁ ERA. É mais fácil o tal "Consórcio Rio Universitário" (UNESA, UVA e FATEC) comprar o espólio da UGF do que vcs virarem servidores públicos contratados.

    Mas, mesmo com todo o seu despeito, Revoltado, torço pra que vc e os demais professores moribundos da UGF tenham seus direitos trabalhistas restabelecidos.

    A propósito, não precisa mais lançar "suas" notas. A Galileo já pariu nota pra todo mundo, apenas pra não ter que tomar multa do Judiciário (além de outros processos futuros).

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois éh.

      A Galileo inventou as notas e lançou para todo mundo.

      PARABÉNS ALUNOS!!!! GANHARAM 10!!!!! SEM FAZER NADA!!!! SÓ PAGANDO A MENSALIDADE!!!!

      Porque vcs não compram logo o diploma? Já compraram as notas mesmo...

      E isto é mais um crime da Galileo: a venda de diplomas.

      Vcs que acham que estão na vantagem "ganhando" essas notas que "cairam do céu", preparem-se para ter seus diplomas cancelados em breve pela falsificação de documentos e informações promovidas pela Galileo para "ajudar" os alunos....

      Os conselhos regionais já estão sabendo deste crime e vão fuder com todos os responsáveis por isso. Os registros não serão dados aos alunos "formandos nas coxas"...

      Aguardem...

      Excluir
  11. Meu brother a onde foi lançada as notas? Eu sou formado só quero o diploma sabe dizer algo? Um abraço

    ResponderExcluir
  12. http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=20272:mec-esclarece-estudantes-sobre-procedimentos-para-a-matricula-nas-novas-instituicoes&catid=212:educacao-superior

    Transferência assistida
    MEC esclarece estudantes sobre procedimentos para a matrícula nas novas instituições
    Quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014 - 12:50

    Diante da dificuldade enfrentada pelos estudantes do Centro Universitário da Cidade (UniverCidade) e da Universidade Gama Filho (UGF) relativa ao recebimento da documentação de transferência assistida, o Ministério da Educação esclarece:
    • Todos os estudantes matriculados ou com matrícula trancada na data do descredenciamento das duas instituições pelo MEC podem fazer a matrícula diretamente nas instituições de educação superior selecionadas no processo de transferência assistida. Basta manifestar interesse ao apresentar documentação pessoal, de modo a garantir o pleno aproveitamento do primeiro semestre letivo de 2014.
    • As instituições selecionadas no processo de transferência assistida dispõem de informações suficientes para iniciar o procedimento de matrícula, independentemente da apresentação de histórico escolar.
    Após o prazo fixado pelo Poder Judiciário do estado do Rio de Janeiro para que as instituições descredenciadas pelo MEC entreguem a documentação aos estudantes — termina nesta sexta-feira, 28 —, o MEC determinará à Galileo Educacional, mantenedora da Gama Filho e da UniverCidade, que promova a entrega de todo acervo acadêmico às instituições selecionadas em chamamento público para receber os estudantes. Essas instituições assumirão a responsabilidade pela guarda e emissão de documentos acadêmicos (históricos escolares, certificados de conclusão e segunda via de diplomas, dentre outros), também, dos alunos que já concluíram seus estudos.
    Mais informações nas instituições selecionadas
    • Universidade Estácio de Sá: (21) 3231-0000
    • Universidade Veiga de Almeida: (21) 3924-6000
    • Faculdade de Tecnologia Senac Rio: (21) 2517-9201

    ResponderExcluir
  13. Célia, vc é tão prestativa!
    Mais uma noticia:

    SAIU NA MIDIA! :

    Professores que trabalhavam de graça na UGF em prol dos alunos acabam de se fuder perdendo 8 salários, FGTS, e diversos outros direitos trabalhistas que foram ignorados pelos ladrões picaretas mafiosos da Galiladra.

    Os alunos estão felizes da vida pois ganharam notas sem estudar, a lá "Cezar Maia" com aprovações automáticas e acham que serão excelentes profissionais com seus diplomas!

    Os professores que passaram fome pelos alunos e por seu emprego, se foderam de "verde e amarelo" ao ficarem na serjeta sem dinheiro, direitos, carros e alguns até sem casa!

    SAIU NA MIDIA!:

    Profesores que não lançaram notas porque não tiham conteúdo dado e nem provas realizadas são tidos como babacas pelos alunos e pela Galileo!!!!

    A mantenedora lançou notas 10 para todos e o país estará um pouco pior com mais gente desqualificada no mercado de trabalho!!!!!
    Coitados dos que caírem nas mãos deste médicos;
    Coitados dos que comprarem prédios destes engenheiros;
    Coitados dos que tiverem estes contadores como auxiliares em suas finanças;
    Coitados dos que trabalharem em empresas com estes Administradores;
    Coitados dos que contratarem todos estes profissionais "formados automaticamente" em suas empresas;
    Coitados de nós, Brazzzzillll que dá mais importância ao futebol do que a um ensino de qualidade.

    Coitados dos professores, que trabalharam em vão....

    Eu desisto. Vou vender diplomas falsificados.

    Dá mais dinheiro do que trabalhar corretamente...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma única vez vou responder ao cidadão que se ESCONDE atrás de um pseudônimo para fazer postagens repletas de palavrões e improperios, para lembrar-lhe que os docentes e os funcionários ESCOLHERAM em assembleias como procederem e o caminho que percorreram.
      Os alunos, NÃO TIVERAM ESCOLHA e mesmo PAGANDO PELOS SERVIÇOS, estes não lhes foram prestados e, pior, estão colhendo o que não plantaram.
      Por isso mesmo são as grandes vítimas dessa tragédia que eles não causaram. E assim, eles tem de minha parte todo o apoio que lhes puder dar nesse momento difícil. Porque antes de tudo sou educadora.
      Quanto a docente com pendências trabalhistas, ao invés de perder tempo precioso com impropérios, deveria acionar o Ministério do Trabalho que é o foro para resolver essas questões, como fizeram os administrativos através de seu sindicato.


      Excluir
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    3. Parabéns, Celia.

      Os seus posts "SAIU NA MÍDIA" tem sido muito úteis para vários alunos que não dispõem da informação correta sobre a transferência para outras IES. Eu mesmo venho acompanhando o que sai em "O Globo" e no site do MEC e, por vezes, continuo em dúvida.

      Quem dera todos os docentes da "ex-UGF" tivessem esta mentalidade...

      Seguem alguns links interessantes:

      - Dados oficiais sobre a transferência assistida pelo MEC:
      http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=20188&Itemid=1229

      - Notícias de "O Globo" sobre a UGF:
      http://busca.globo.com/Busca/oglobo/?query=gama%20filho

      - Neste link de "O Globo" constam informações detalhadas sobre os campus envolvidos na transferência para as IES vencedoras do Edital:
      http://oglobo.globo.com/educacao/ex-alunos-de-ugf-univercidade-podem-comecar-se-matricular-em-novas-instituicoes-nesta-quarta-11710219

      - Notícia do site do Tribunal de Justiça do RJ:
      http://www.tjrj.jus.br/web/guest/home/-/noticias/visualizar/154001

      - Link para consulta da Ação Civil Pública que tramita no TJ-RJ envolvendo a Defensoria Pública e a Mantenedora (Processo nº 0015049-88.2014.8.19.0001):
      http://www4.tjrj.jus.br/consultaProcessoWebV2/consultaProc.do?v=2&FLAGNOME=&back=1&tipoConsulta=publica&numProcesso=2014.001.012025-7

      - Requerimento de falência da UGF (Processo nº 0215822-86.2013.8.19.0001):
      http://www4.tjrj.jus.br/consultaProcessoWebV2/consultaProc.do?v=2&FLAGNOME=&back=1&tipoConsulta=publica&numProcesso=2013.001.188401-9

      Abs,

      Excluir
    4. http://professorbrasileiro.blogspot.com.br/
      ALUNOS DE MEDICINA
      “Reunião com a Estacio
      Publicado em 28/02/2014 às 19h18
      O CAMED vem, por meio deste, atualizar os alunos sobre a reunião que ocorreu hoje entre o nosso Centro Acadêmico e pró reitoria, diretoria e coordenação do curso da Estácio.
      Primeiramente nós gostaríamos de informar que há previsão da matrícula para o primeiro semestre de 2014 ocorrer no período de 10 a 31 de março. Porém, os alunos de medicina NÃO devem se dirigir ao Campus Rio Comprido aleatoriamente. Haverá uma divisão dos alunos por grupos e, cada grupo fará a matricula em determinada data, por isso é importante que os alunos aguardem a divulgação da Estácio e compareçam à Universidade somente no dia correspondente ao seu grupo. Além disso, a previsão de retorno às aulas é para o dia 24 de março.
      A Estácio informou que já tem conversas avançadas com alguns cenários de prática e vem trabalhando de maneira intensa para tentar restabelecer os convênios para os alunos que eram da UGF. Desse modo, esperamos que as aulas práticas possam retornar em breve, logo após as aulas teóricas.
      Por fim, o CAMED antecipa que fará uma assembleia com os alunos de medicina para eleger representantes dos períodos que ainda não tem representatividade. Essa assembleia será marcada em breve e esses alunos serão responsáveis por recolher as notas e provas que ainda não foram lançadas para que, juntos com a Estácio, possamos tentar obter o aproveitamento máximo dessas disciplinas. Nessa assembleia tentaremos responder todas as dúvidas que ainda existem e passaremos os últimos informes.
      O CAMED reitera a importância de estar junto com os alunos neste momento e reforça que continuamos trabalhando para que esse momento de transição não traga mais prejuízos aos estudantes.
      Att.”

      Excluir